Conheça o projeto que visa reduzir a tributação de microempresas que geram empregos por seis meses

Conheca O Projeto Que Visa Reduzir A Tributacao De Microempresas Que Geram Empregos Por Seis Meses - Acredit
Projeto reduz por seis meses tributação de microempresas que geram empregos São propostas quatro faixas de redução de alíquota, a depender do total de contratações

Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Projeto reduz por seis meses tributação de microempresas que geram empregos

São propostas quatro faixas de redução de alíquota, a depender do total de contratações

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 138/20 prevê a redução das alíquotas efetivas das microempresas e empresas de pequeno porte optantes do Simples Nacional pelo período de seis meses conforme a quantidade de postos de trabalho gerados. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

O texto estabelece quatro faixas de redução da alíquota (8%, 12%, 16% e 20%). Quanto maior a criação de empregos no trimestre anterior, menor a tributação nos seis meses seguintes. Por exemplo: se a empresa criou entre 3 e 5 empregos, terá redução de 8% da alíquota efetiva. Se criou de 6 a 10, a redução será de 12%.

“Trata-se de uma medida não só necessária, bem como indispensável para o combate ao desemprego e para a desoneração fiscal do micro e pequeno empreendedor, especialmente neste momento de grave crise econômica por que o Brasil atravessa”, diz a deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF), autora do projeto.

Tramitação

O texto em tramitação na Câmara altera o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. O projeto será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Depois, seguirá para o Plenário.

Fonte: Contábeis

Veja outros artigos

Guia Ir 2021 Para Nao Cair Na Malha Fina Saiba Mais Na Descricao Post 1 - Acredit
Declaração de Imposto de Renda 2021

IR 2021 – o que é preciso saber sobre?

Confira este guia do IR 2021 e, seja você pessoa física ou jurídica, esteja preparado(a) para lidar com essa questão!